top of page
Buscar
  • prcarne

Acrismat lança hub de negócios Rede Suíno Forte Mato Grosso

Hub nasce com objetivo de fortalecer segmento, diminuir custos de produção e criar novas oportunidades de negócio


Dezenas de suinocultores mato-grossenses lançaram na última sexta-feira (14), a Rede Suíno Forte Mato Grosso (RSF-MT), um hub de negócios que surge para transformar necessidades individuais em coletivas nas demandas da cadeia produtiva no mercado. A rede é uma iniciativa da Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat), afiliada da ABCS, que iniciou o projeto há dois anos para diminuir os custos de produção, melhorar a gestão das granjas e ajudar a atividade a superar uma das maiores crises já enfrentadas pelo setor. Inicialmente a Rede conta com 19 suinocultores que são associados da Acrismat, que totalizam mais de 60 mil matrizes e estão localizados em 10 municípios mato-grossenses (Campo Verde, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Poxoréu, Primavera do Leste, Rondonópolis, Santo Antônio do Leverger, Sinop, Sorriso e Tapurah).


Saiba mais sobre o projeto aqui:



De acordo com o gerente executivo da RSF-MT, Lucas Marinho, o modelo de rede de negócios é uma ferramenta que dá mais competitividade ao setor, principalmente nas questões de comercialização, com aumento de escala na compra e venda de produtos. “A Rede proporciona acesso a novos mercados, dá maior poder de negociação aos produtores por serem representados por uma organização empresarial com maior potencial de compra. Dessa forma é possível negociar melhor com os fornecedores, diminuir os custos dos insumos e assim aumentar a margem dos produtores, além de aumentar o networking dos integrantes com o mercado e abrir novos horizontes para o suinocultor”, explicou.


O presidente da Acrismat e da Rede Suíno Forte MT, Frederico Tannure Filho, suinocultor no município de Primavera do Leste, destacou que o objetivo da RSF-MT vai além da busca pela diminuição dos custos de produção e também focará em melhorar a gestão das granjas. “É um projeto que vem para alavancar ainda mais a suinocultura mato-grossense, é um modelo que é utilizado em várias outras áreas e tem se mostrado eficiente, na suinocultura acreditamos que possibilitará aos suinocultores ferramentas que ajudarão na gestão das granjas, de acordo com a necessidade de cada um”, pontuou.


Esse modelo de trabalho já é implementado e tem sucesso em outros estados produtores, como é o caso da Cooperativa dos Suinocultores Ponte Nova e Região (Coosuiponte), ligada à Associação dos Suinocultores do Vale do Piranga (Assuvap), em Minas Gerais. Por este motivo, a gerente executiva geral da Assuvap/Coosuiponte, Paula Gomides, participou do evento de lançamento, com a palestra “Fundamentos, prática e história da construção de uma suinocultura resiliente, o case de Ponte Nova”. Ela trouxe o funcionamento da cooperativa, metodologia, produtos, serviços, desafios e planos para o futuro, e explica que essa missão é desafiadora, mas possível. “Nosso foco é fortalecer e assegurar o poder de compra do cooperado. Hoje eu pude compartilhar um pouco do que vocês estão construindo na prática e com resultados, por isso se unam, se fortaleçam, e não desistam”, concluiu.


O presidente da ABCS, Marcelo Lopes, parabeniza a iniciativa da Acrismat: “A RSF-MT é uma plataforma importantíssima que veio para agregar muito, transformando negócios individuais em coletivos e aumentando a competitividade. Com esse projeto, a Acrismat consolida ainda mais o trabalho de excelência, trazendo mais união, profissionalismo, competência e oportunidades para a suinocultura mato-grossense.”


Seminários de Fábrica de Ração


Também no evento a ABCS realizou o primeiro seminário técnico “Fábrica de Ração, colocando em prática a portaria SDA n° 798/2023 na alimentação animal”, em parceria com a Acrismat. Essa foi a largada para a série que acontecerá em diversos estados produtores, como São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Espírito Santo, Santa Catarina e no Distrito Federal.


O Seminário é uma iniciativa do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (FNDS), com apoio do MAPA e das Associações contribuintes, para levar informações aos produtores de suínos, desmitificar a nova portaria, explicar sua importância, como será a implementação no campo, quais são os prazos para as adequações e as medidas que podem ser adotadas para um uso mais eficaz e racional de antimicrobianos na suinocultura.


Na ocasião foram realizadas três palestras, ministradas pela auditora fiscal federal agropecuária do MAPA, Vivian Palmeira, pelo consultor da ABCS, Stefan Rohr e pela diretora técnica da ABCS, Charli Ludtke. A palestra recebeu 102 pessoas presencialmente, e mais de 260 assistiram a transmissão online.


Leia mais sobre esse assunto em https://www.suinoculturaindustrial.com.br/imprensa/acrismat-lanca-hub-de-negocios-rede-suino-forte-mato-grosso/20230719-085320-V055

© 2023. Todos direitos reservados a Gessulli Agribusiness. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.


Fonte: Suinocultura Industrial – por: ABCS e Acrismat

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page