Buscar
  • prcarne

Temporada de Outono terá queda de 10% no preço de terneiros

Já o gado de corte de alta genética deverá manter o preço praticado em 2021


A estiagem e altas temperaturas que perduraram por cerca de 45 dias e prejudicaram os agropecuaristas também fizeram com que o preço dos terneiros e das terneiras que estão sendo comercializados nesta Temporada de Outono seja, aproximadamente, 10% menor do alcançado em 2021. A avaliação é do leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva. Na temporada passada, machos foram vendidos a R$ 15 o quilo e as fêmeas a R$ 13 o quilo.


Imagem: Divulgação


Segundo o especialista, já foi comercializado um terço da produção deste gado de corte de reposição. “É nos meses de abril e maio que terneiros e terneiras fazem o desmame, por isso é a época de realização dos eventos de comercialização”, explicou Silva.


Já com relação aos bovinos de corte de alta genética, o diretor da Trajano Silva Remates salienta que os preços devem se manter similares aos do ano anterior. Em 2021, os touros foram comercializados por cerca de R$ 18 mil. Já as fêmeas sofreram variação conforme a idade e a raça, sendo as mais baratas comercializadas por R$ 7 mil e as mais caras por R$ 120 mil. “Os leilões começam em meados de maio e prosseguem até a Expointer”, explicou Marcelo Silva.


O leiloeiro detalha que no centro do país, o gado de corte de alta genética tem atingido valores mais elevados. “Especialmente os da raça nelore, mas estamos muito otimistas quanto à primavera, que deverá ser uma boa temporada para os gaúchos”, avaliou.


Fonte: AGROLINK & ASSESSORIA

0 visualização0 comentário