top of page
Buscar
  • prcarne

Robôs auxiliam na alimentação dos suínos

Estudo da Embrapa conseguiu economia média por animal de R$ 15


Recentemente, foram publicados os resultados de um estudo realizado pela Embrapa Aves e Suínos, que concluiu que a estratégia nutricional mais eficiente para suínos é distribuir sua ração em quatro porções com quantidades distintas.


Essa abordagem proporcionou uma economia média de R$ 15 por animal e uma melhoria nos índices zootécnicos. Vale ressaltar que os números se referem a animais suplementados com ractopamina no final do ciclo e que a pesquisa foi finalizada no primeiro semestre do ano passado.


Cerca de 750 suínos mestiços, de cruzamento industrial, de uma propriedade em Erechim (RS), foram submetidos aos testes.


Para facilitar o trabalho, a estatal utilizou robôs da agtech Roboagro para distribuir a quantidade exata de insumo em horários pré-estabelecidos. Os animais foram divididos em quatro e cinco porções iguais ao longo do dia em um grupo, enquanto em outros dois grupos, o número de porções oferecidas foi mantido, mas as quantidades foram maiores no início e no final do dia e menores nas refeições intermediárias.


A dieta com melhor eficiência foi a de quatro porções distintas, sendo que a primeira e a última representavam 56% do todo (28% cada), e as duas intermediárias, 44% (22% cada).


A Embrapa também realizou esse experimento com 832 suínos em uma propriedade em Presidente Castello Branco (SC), que atende ao mercado externo e que não suplementou os animais com ractopamina. Nesse modelo, o melhor desempenho foi alcançado com cinco tratos diários e porções diferentes - 22%, 17%, 17%, 22% e 22%.


Osmar Costa, pesquisador da unidade Aves e Suínos, lembra que a alimentação representa cerca de 80% dos custos da suinocultura brasileira.


CEO da Roboagro, Giovani Molin salienta que o estudo também mostra que os animais demandam mais alimento nos horários mais frescos, quando justamente está sendo oferecido o maior volume de ração. “Dessa forma, evita-se o desperdício e melhora o bem-estar animal”, realça o executivo.


A startup chamou a atenção da Embrapa depois de vencer o InovaPork, em 2021. No ano passado, as empresas fecharam um termo de cooperação para testes de validação de conceito e desenvolvimento de novos sensores e dispositivos para os robôs da agtech.


Leia mais sobre esse assunto em https://www.suinoculturaindustrial.com.br/imprensa/robos-auxiliam-na-alimentacao-dos-suinos/20230228-091026-J477

© 2023. Todos direitos reservados a Gessulli Agribusiness. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.


Fonte: Suinocultura Industrial - com informações de Valor

1 visualização0 comentário

Comentários


bottom of page