top of page
Buscar
  • prcarne

Por meio da Fricasa, Pif Paf conquista habilitação para exportar para o Canadá, África do Sul, Japão

Além desses países, também abriram as portas para os produtos da Companhia, recentemente, Argentina e Chile


A Pif Paf Alimentos passa a integrar o seleto grupo de nove empresas brasileiras que atendem todas as especificações técnicas (sanitárias e de bem-estar animal) para exportar carne suína para o Canadá. Por meio de sua unidade em Canoinhas (SC), a Fricasa – marca de referência no mercado nacional de processamento de suínos, adquirida em 2020 –, a Companhia foi habilitada para fazer parte do acordo entre o Brasil e o Canadá, celebrado em março deste ano, e a exportar esses produtos para o país norte-americano.


Produtor de mais de 2 milhões de toneladas anuais de carne suína, o Canadá é o terceiro exportador mundial deste produto, com 1,5 milhão de toneladas comercializadas, à frente do Brasil que, atualmente, vende 1,3 milhão de toneladas no mercado externo, de acordo com o Ranking de Comércio Internacional 2022, do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). Mesmo com importante participação no comércio internacional de carne suína, o país importa em torno de 200 mil toneladas anuais, o que demonstra um importante espaço a ser conquistado pelos exportadores brasileiros.


Além do Canadá, este ano a Pif Paf Alimentos abriu as portas da Singapura, Japão e África do Sul para seus produtos de carne suína, também por meio da habilitação da Fricasa. "Conseguimos essas habilitações através da comprovação do atendimento dos requisitos sanitários exigidos por esses países. Isso se faz após análises das autoridades sanitárias brasileiras e desses países - como o Ministério da Agricultura e Agropecuária. Para Singapura, fomos habilitados em janeiro, para o Japão, em junho, para o Canadá em agosto, e, a África do Sul neste mês de setembro", disse Graziela Rigolin, da área da Garantia da Qualidade.


Vale lembrar que a Companha já é habilitada para exportações de carne suína para a Argentina e o Chile desde 2021 (fevereiro e junho, respectivamente).


Pif Paf Alimentos e Fricasa: união estratégica no segmento de carne suína


Desde 2020, a Pif Paf Alimentos, que completou 54 anos neste ano, e a Fricasa, que comemora 60 anos de fundação em 2022, passaram a atuar juntas no segmento de carne suína. Reconhecidas e tradicionais neste mercado, a união dessas duas marcas ampliou as oportunidades de negócios e expandiu a atuação geográfica de ambas, no Brasil e no exterior.


“Essa base sólida tem sido fundamental para diversificarmos os nossos negócios, conquistarmos novos mercados, reforçando a qualidade dos nossos produtos, garantindo o crescimento sustentável da Companhia e reforçando a nossa marca do mercado mundial. Essas habilitações para exportação de carne suína são fruto de uma integração estratégica que preservou a marca Fricasa e seu capital humano, somou potencialidades e know how das duas marcas, gerando novos negócios, crescimento e consolidação das exportações”, analisa Rodrigo Coelho, CEO da Pif Paf Alimentos.


De acordo com o executivo da Companhia – que é uma das empresas tradicionais nas exportações brasileiras e já está presente no mercado mundial desde a década de 1970, a Pif Paf Alimentos ampliou seus destinos de 30 para mais de 40 países. “Os principais destinos das nossas exportações são Ásia, Oriente Médio, América Central, América do Norte, América do Sul e África. Entre os países mais relevantes da nossa carteira estão China, Hong Kong, Singapura, Japão, Chile, África do Sul, Qatar e Emirados Árabes Unidos.”, completa Coelho.


Leia mais sobre esse assunto em https://www.suinoculturaindustrial.com.br/imprensa/por-meio-da-fricasa-pif-paf-conquista-habilitacao-para-exportar-para-o-canada/20220927-151321-K016

© 2022. Todos direitos reservados a Gessulli Agribusiness. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.


Fonte: Suinocultura Industrial com informações Pif Paf

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page