top of page
Buscar
  • prcarne

Desenvolvimento de tecnologia, inovação e futuro da alimentação são tratados no primeiro dia da Digi

Principal feira de inovação para o agronegócio do Brasil acontece até o dia 14


Abertura do evento contou com a presença do governador do Paraná Carlos Massa Ratinho Junior, do coordenador-geral de Tecnologias Digitais, Guilherme Corrêa, e do secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento (Seab), Norberto Ortigara


A abertura oficial da Digital Agro 2022, principal evento de tecnologia e inovação para o agronegócio do Brasil, teve a abertura oficial nesta terça-feira (12), com importantes nomes para discutir o segmento. O tema que norteia esta edição é “AgroRevolution: do campo à mesa” e ao longo de três dias palestrantes de diversos setores e companhias globais irão discutir e apresentar o atual cenário e a perspectiva para a cadeia produtiva. O governador Carlos Massa Ratinho Junior e o coordenador-geral de Tecnologias Digitais do governo federal, Guilherme Corrêa, prestigiaram a solenidade de abertura.


Divulgação: Bruno Henrique


“Para Frísia é um orgulho promover o evento na capital do estado do Paraná. Queremos que esta edição seja especial para todos, que seja uma oportunidade para discutirmos e vermos o futuro do agronegócio. Tentar enxergar o futuro é importante para antever os movimentos e traçar estratégias. Que todos os visitantes possam voltar para casa pensando em como enfrentar as dificuldades e aproveitar as oportunidades”, afirma Renato Greidanus, presidente da Frísia Cooperativa Agroindustrial, organizadora do evento.


Norberto Ortigara, secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento (Seab), destacou que o digital é uma das quatro pernas da revolução agrícola do mundo e que, para se destacar, é preciso acelerar o processo e apoiar todos que buscam novas soluções. “Nós precisamos dar força para esse movimento, que a Frísia e outras entidades fazem, de estimular o desenvolvimento de soluções que ajudem a gente a verdadeiramente ter uma agricultura, uma pecuária, uma produção de madeira plenamente sustentável e de alto resultado econômico. Mas mostrando uma cara de sempre se renovar no tempo, que é o conceito mais moderno de ser sustentável”, afirma Ortigara.


Durante seu discurso, José Roberto Ricken, presidente da Organização das Cooperativas do Estado do Paraná (Sistema Ocepar), afirmou que não faz mais sentido falar em urbano e rural, e sim em desenvolvimento conjunto e aproveitou a oportunidade para anunciar que as cooperativas cresceram 25% no último semestre, se comparado com o mesmo período de 2021, chegando a receita de R$ 90 bilhões. “Neste período, nós geramos para os produtores associados às cooperativas no primeiro semestre o equivalente a R$ 4 bilhões em sobras. Esse recurso não vai para outro país, ele fica na origem e é reinvestido”, afirma.


Após a solenidade de abertura Maurício Schneider aprofundou conceitos de inovação, tendências e abriu a discussão de como se preparar para o futuro. O primeiro dia contou também com a presença de Rob Trice, sócio-fundador da Better Food Ventures, que palestrou sobre a mudança de alimentação mundial, e de Fabio Neto, sócio da YAMO, que falou sobre os desafios da inovação nas empresas. Os presidentes das cooperativas do Paraná também fizeram no evento a abertura do Fórum dos Presidentes, que discutirá a importância das alianças estratégicas no cooperativismo.


Programação


O segundo dia (13) do evento contará com as palestras de Alexandre Nepomuceno, pesquisador da Embrapa; Felipe González, líder de desenvolvimento de negócios da Bushel na América do Sul; Shane Thomas, analista da Upstream; Guilherme Raucci, gerente global de sustentabilidade digital da Syngenta; e Eduardo Bastos, CEO da MyCarbon, empresa subsidiária da Minerva Foods que atua no desenvolvimento e na comercialização de crédito de carbono.

Divulgação: Bruno Henrique


No último dia (14), o evento terá apresentações de Melissa Carmichael, vice-presidente de Estratégia e Inovação do Bremer Bank; Piero Franceschi, sócio e chefe de crescimento da StartSe; Luiz Serafim, head de Brand e Communication da 3M; e Peter Kronstrom, head do Instituto Copenhagen.

Além de mais de 20 horas de conteúdo, quem visitar a quinta edição da Digital Agro poderá conferir novidades de mais de 40 expositores, rodadas de investimentos em startups, arena de pitch, espaço dedicado a startups e uma área externa de demonstração de produtos.


Divulgação: Bruno Henrique


A Digital Agro, que ocorre no Centro de Eventos Positivo, no Parque Barigui, em Curitiba (PR), está acontecendo no formato híbrido e os ingressos podem ser adquiridos no site digitalagro.com.br. O evento é o principal do segmento do Brasil, com a realização da Frísia Cooperativa Agroindustrial, coorganização da StartSe e apoio da Fundação ABC.


Serviço


Digital Agro 2022

Quando: 12 a 14 de julho

Local: Centro de Eventos Positivo, Curitiba (PR), e plataformas StartSe


Sobre a Frísia Cooperativa Agroindustrial


Em 2025, a Frísia completa um século de história. A cooperativa é a mais antiga do Paraná e segunda do Brasil, e tem como valores Fidelidade, Responsabilidade, Intercooperação, Sustentabilidade, Integridade e Atitude (FRISIA). Com unidades no Paraná e Tocantins, em 2021 produziu mais de 290 milhões de litros de leite, 895 mil toneladas de grãos, 89 mil toneladas de madeira e mais de 30 mil toneladas de carne suína, resultado do trabalho de 971 cooperados e 1.176 colaboradores. Para promover o crescimento nos próximos anos, a Frísia desenvolveu o planejamento estratégico “Rumo aos 100 Anos”, um conjunto de propostas que visa aumentar a produção agropecuária e os investimentos com outras cooperativas e em unidades próprias. O planejamento da Frísia foi desenhado sob seis perspectivas principais: Sustentabilidade, Gestão, Mercado, Pessoas, Financeiro e Cooperados. Assim, seguirá a missão da cooperativa, que é disponibilizar produtos e serviços para gerar resultado sustentável a cooperados, colaboradores e parceiros. Saiba mais em frisia.coop.br.


Fonte: PG1

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page