Buscar
  • prcarne

Suinocultura paranaense: preços do animal caem com frigoríficos com estoques cheios

Jacir Dariva - Pres. da Associação Paranaense de Suinocultores

De acordo com liderança local, nesta época do ano o suinocultor deveria estar sendo mais bem remunerado, devido às festividades que se aproximam


Segundo o presidente da Associação Paranaense de Suinocultores (APS), Jacir José Dariva, o suinocultor que comercializa os animais no mercado independente no Paraná tem hoje um prejuízo de cerca de R$ 3,00/kg de animal.


"Isso porque no último mês o preço do milho deu uma esfriada, mas ainda segue alto, assim como o farelo de soja. Além disso, temos outros custos altos, como a infraestrutura das granjas, mão-de-obra, por exemplo", disse.


Dariva pontua que nesta época do ano os frigoríficos e varejo deveriam estar preparando os estoques com cortes especiais para as festividades de final de ano, demandando mais produto dos suinocultores, que, em tese, estariam sendo mais bem remunerados.


Entretanto, ele afirma que, em conversa com agentes da agroindústria, os relatos são de que os estoques já estão cheios, e que há dificuldade de repassar estes produtos até a ponta consumidora.


"As exportações em bom ritmo ajudam para que o cenário não fique pior do que já é. Mas temos esperança de que o retorno das atividades nos principais centros consumidores, como São Paulo, por exemplo, ajude a melhorar a demanda interna", disse.


Fonte: Notícias Agrícolas - por: Letícia Guimarães

0 visualização0 comentário