top of page
Buscar
  • prcarne

Queda nos preços do suíno na China ajuda a diminuir as pressões inflacionárias

O consumo este ano está se recuperando lentamente depois que o governo afrouxou as regras da Covid, que fecharam restaurantes e reduziram as receitas

Os preços do suíno na China estão em queda, o que provavelmente reduzirá a inflação de alimentos no maior produtor e consumidor mundial de carne suína.


Os contratos futuros de suínos vivos caíram mais de 7% na Dalian Commodity Exchange na segunda-feira, para o nível intradiário mais baixo desde abril. Os fazendeiros estão correndo para enviar grandes suínos para abate para atender à demanda antes do festival do Ano Novo Lunar em janeiro, mas eles estão descobrindo que o consumo não é tão forte quanto o esperado.


A maior produtora de suínos, Muyuan Foods Co., recentemente aumentou suas estimativas para o número de animais que espera abater este ano, indicando que mais suprimentos devem chegar ao mercado este mês, disse Wang Xiaoyang, analista sênior da Sinolink Futures.


A demanda por carne suína curada também está mais fraca do que o esperado, contribuindo para a pressão sobre os preços, disse Wang. Pequenos criadores estão aumentando as vendas com a preocupação de que os preços possam cair ainda mais.


Os fazendeiros geralmente enviam porcos para abate na véspera do Ano Novo Lunar, quando famílias e amigos se reúnem para o feriado mais importante do país e desfrutam de um banquete recheado de carne. O consumo este ano está se recuperando lentamente depois que o governo afrouxou as regras da Covid, que fecharam restaurantes e reduziram as receitas.


O relaxamento da política Covid-Zero também está levando a mais animais chegando ao mercado à medida que o transporte e a logística melhoram.


Leia mais sobre esse assunto em https://www.suinoculturaindustrial.com.br/imprensa/queda-nos-precos-do-suino-na-china-ajuda-a-diminuir-as-pressoes-inflacionarias/20221212-090028-N357

© 2022. Todos direitos reservados a Gessulli Agribusiness. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.


Fonte: Suinocultura Industrial - com informações de Bloomberg

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page