top of page
Buscar
  • prcarne

Japão suspende restrições de 20 anos à carne processada canadense

A restrição japonesa foi suspensa na última quarta-feira, 22

O Japão removeu as restrições às importações canadenses de carne processada que datam de 20 anos, permitindo a expansão do comércio, disse o Ministério da Agricultura do Canadá na segunda-feira. O Japão, como muitas outras nações, restringiu as importações de carne bovina canadense após a descoberta em 2003 na província de Alberta de um caso de encefalopatia espongiforme bovina (EEB).

Imagem: Pixabay


Os países importadores eliminaram gradualmente as restrições, e a última medida do Japão suspendeu as restrições remanescentes, que afetavam a carne processada canadense, como hambúrgueres, disse um porta-voz do governo.


O Japão, o segundo maior mercado de exportação de carne bovina e vitela do Canadá em janeiro, de acordo com dados da Statistics Canada, suspendeu as restrições em 22 de março, disse o porta-voz. O Japão comprou C$ 518 milhões (US$ 379,29 milhões) em carne bovina e produtos derivados canadenses no ano passado.


A suspensão das restrições do Japão ocorre no momento em que está programado para reduzir as tarifas sobre as importações de carne bovina a partir de 1º de abril, sob o Acordo Abrangente e Progressivo para Parceria Transpacífica, um pacto comercial do qual o Canadá é membro. A BSE é uma doença neurológica progressiva e fatal que se acredita ser disseminada quando o gado come proteína extraída do cérebro e espinha de gado ou ovelha infectados. O Canadá, oitavo maior exportador de carne bovina do mundo, proibiu essa prática em 1997.


Fonte: Reuters com tradução Agrolink* - por: AGROLINK - Seane Lennon

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page