top of page
Buscar
  • prcarne

Frigoríficos de suínos continuam em tendência de declínio a longo prazo na Inglaterra

Apenas 87 frigoríficos processaram suínos no ano passado, seis a menos do que em 2020 e 38 a menos de uma década atrás, destacam os números mais recentes.


O número de plantas especializadas também diminuiu, agora em onze, uma queda em relação a 2020 e cinco a menos de uma década atrás.


Essas plantas especializadas representaram mais de três quartos (77%) da produção total na Inglaterra em 2021.


"A consolidação do setor continua com a perda de frigoríficos menores", explicou Freya Shuttleworth, analista do AHDB.


As onze maiores plantas - aquelas que abatem mais de 100 mil cabeças por ano - responderam por 92% do abate total, a mesma proporção do ano anterior.


Os oito principais abatedouros mantiveram uma parcela de 83% da matança inglesa, mostram os números.


"Embora a consolidação possa trazer benefícios para a eficiência, a concentração de abate apresenta um risco se uma ou mais das plantas maiores sofrerem uma grande avaria ou tiverem que reduzir a capacidade", acrescentou Shuttleworth.


"Os últimos 12 meses foram um exemplo, pois a falta de pessoal reduziu os rendimentos, resultando em suínos recuando nas fazendas".


Leia mais sobre esse assunto em https://www.suinoculturaindustrial.com.br/imprensa/frigorificos-de-suinos-continuam-em-tendencia-de-declinio-a-longo-prazo-na/20220815-090039-O267

© 2022. Todos direitos reservados a Gessulli Agribusiness. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.


Fonte: Suinocultura Industrial - com informações de Farming UK

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page