Buscar
  • prcarne

Custo do Suíno vivo na região Sul segue atingindo patamares cada vez maiores

No Rio Grande do Sul o custo atingiu R$7,75















Imagem: Pixabay


O levantamento divulgado pela Central de Inteligência de Suínos e Aves da Embrapa, aponta que o custo de produção do suíno vivo na região Sul continua atingindo patamares cada vez maiores. A distribuição pelos Estados mostra que no Rio Grande do Sul o custo atingiu R$7,75, evoluindo 2,4% no mês e 15,2% no ano. No Paraná o custo alcançou R$7,61, significando aumentos de 3,8% e 13,4% no mês e no ano, respectivamente. Em Santa Catarina o custo totalizou R$7,64, equivalendo a crescimento mensal de 2,1% e de 11% em doze meses.


O corolário é um custo médio de R$7,67 na região Sul, indicando incrementos de 2,8% sobre janeiro último e de 13,2% sobre fevereiro do ano passado. A comparação com o mesmo período de 2020 aponta crescimento expressivo de 76,6%, mantendo os suinocultores em enormes dificuldades. Isso porque nesses mesmos períodos de comparação, os preços de comercialização não conseguiram acompanhar a evolução do custo de criação.

Fonte: Agrolink – SUISITE

0 visualização0 comentário