top of page
Buscar
  • prcarne

Custo de produção de suínos voltou a subir na região Sul

Aumento foi impulsionado principalmente pelo crescimento dos custos associados à alimentação


Custo de produção de suínos aumenta na região Sul em outubro, impulsionado pelo aumento dos gastos com alimentação O levantamento realizado pela Embrapa sobre o custo de produção de suínos revelou um novo aumento nos três estados da região Sul durante o mês de outubro. De acordo com dados divulgados pelo Suisite, esse aumento foi impulsionado principalmente pelo crescimento dos custos associados à alimentação, um dos principais elementos do custo de criação desses animais.


No Rio Grande do Sul, o custo atingiu R$ 5,97 por quilo, retornando ao mesmo nível de agosto, representando um aumento de 3,3% em relação ao mês anterior, mas uma queda de 14,4% em relação ao início do ano. No Paraná, o custo chegou a R$ 5,62 por quilo, registrando um aumento de 0,9% em relação a setembro e uma redução de 18,9% desde o início do ano civil. Já em Santa Catarina, o custo de produção alcançou R$ 5,88 por quilo, apresentando um aumento de 2,6% no mês e uma queda de 15,8% desde janeiro.


É importante ressaltar que as comparações com o mesmo período do ano passado perderam eficácia, já que os custos anteriores a 2023 não foram ajustados para as novas parâmetros de cálculo, resultando em uma redução de 16% no custo, conforme indicado pela CONAB.


Considerando esta revisão, o SuiSite destacou que, em outubro, houve quedas de 10,7% no Rio Grande do Sul, 11,2% no Paraná e 10,8% em Santa Catarina, em comparação ao mesmo período do ano anterior.


Ao acompanhar e atualizar os dados do ano passado, o SuiSite levou em conta o índice de redução previsto pela Embrapa, apontando que nos primeiros dez meses de 2023, o custo teve quedas de 3,3% no Rio Grande do Sul, 2% no Paraná e 2,5% em Santa Catarina.


Fonte: AGROLINK - Seane Lennon

1 visualização0 comentário

Kommentare


bottom of page